O formigueiro e parestesias nos membros superiores é um sintoma que pode estar relacionado com um conjunto de situações, de gravidade variável. Conheça-as.

Formigueiro e Parestesias: Causas e Origens

Os membros superiores é uma área corporal composta por um grande número de estruturas, desde músculos, tendões, ligamentos e, também, terminações nervosas. É esta rede de nervos periféricos que permite executar os movimentos mais delicados, sentir objetos ou alterações de temperatura. Deste modo, qualquer alteração que afete estas terminações poderá provocar o bloqueio sensitivo, traduzido pela sensação de formigueiro.

Algumas das causas mais comuns do formigueiro nos membros superiores são a pressão nos nervos, dificuldades na circulação sanguínea, inflamações, enxaqueca ou doenças mais sérias, como diabetes, AVC, esclerose múltipla ou enfarte..

Em todo o caso, se o formigueiro surgir de forma repentina, intensa e/ou associado a outros sintomas, como a fadiga excessiva, dor no peito, dificuldade em falar, deverá recorrer a serviços médicos emergentes o mais rápido possível.

 

Pressão Cervical

Os nervos que inervam os membros superiores saem diretamente da coluna vertebral, chegando através da suas terminações periféricas à mão e dedos. Ao longo do trajeto estes nervos poderão ser pressionados, quer seja por tumores, infecções, vasos sanguíneos dilatados, ou por radiculopatia da coluna – o comprometimento do nervo da coluna vertebral por uma lesão do corpo vertebral, como a artrose ou a hérnia discal.

  • O que fazer: consulte um especialista, tal como um neurologista, ortopedista ou neurocirurgião, para que possa ser devidamente observado e realizados os exames de diagnóstico essenciais ao despiste dos sintomas. Caso a origem do problema seja a compressão do nervo, o tratamento poderá incluir fisioterapia, cirurgia ou ozonoterapia.

 

Síndrome do Canal Cárpico

Esta síndrome é a principal causa de formigueiro nos membros superiores, principalmente nas mãos. Esta sindromes acontece quando o nervo mediano que enerva a palma da mão fica comprimido, ao nível do ligamento anterior do carpo, na região do punho, causando os sintomas, que usualmente intensificam à noite ou a movimentos repetidos, comprometendo a capacidade de segurar e manipular objetos, principalmente em termos de motri

  • O que fazer: O tratamento depende da gravidade da compressão, e pode ir desde fisioterapia até a cirurgia de descompressão. Confira aqui como a ozonoterapia poderá ser útil neste caso.

Enfarte

A sensação de formigueiro ou dormência no braço esquerdo, ou mais raramente, no braço direito, pode ser um sinal de um enfarte agudo do miocárdio, sobretudo se a mesma piorar com a realização de esforços ou for acompanhada de outros sintomas como dor e aperto no peito, falta de ar, mal-estar e suores frios.

  • O que fazer: em caso de suspeita de enfarte deverá ligar imediatamente para o número nacional de emergência médica de forma a receber cuidados especializados o mais rápido possível e assim prevenir lesões graves e irreversíveis.

 

Enxaqueca

A enxaqueca é usualmente acompanhada ou precedida de um conjunto de sintomas sensitivos, que variam em frequência, tipo e intensidade de pessoa para pessoa. A sensação de formigueiro nas mãos, braços, pernas ou boca, para além de outros como as alterações visuais, fraqueza nos membros ou sensibilidade aumentada à luz e ruído, são exemplos.

  • O que fazer: O tratamento convencional da enxaqueca é usualmente orientado por um neurologista e inclui a utilização de medicamentos analgésicos, anti-inflamatórios ou específicos para o alívio das crises. Medidas preventivas e curativas recorrendo a técnicas naturais como a massagem, acupuntura ou fitoterapia são em muitos casos bastante eficazes.

 

AVC

Ainda que raro, um dos primeiros sinais de um acidente vascular cerebral poderá ser a sensação de formigueiro nas extremidades, nomeadamente no braço ou mão. Além deste, outros sintomas comuns deste problema podem aparecer, como o desvio da simetria da boca, diminuição da força e mobilidade em um dos lados do corpo, alterações da fala ou compreensão, alterações da visão ou até desmaio.

  • O que fazer: em caso de suspeita de AVC deverá telefonar imediatamente para o número nacional de emergência médica, de forma a ativar ajuda especializada o mais rápido possível.

 

Esclerose Múltipla

A esclerose múltipla é uma doença autoimune que causa a degeneração gradual das fibras nervosas do córtex cerebral e medula espinhal, provocando um conjunto de sintomas tais como: perda de força, cansaço excessivo, falhas de memória e formigueiro em várias partes do corpo, que também pode ser acompanhada da sensação de ardor.

  • O que fazer: o despiste da doença deverá ser feito por um Neurologista, com recurso a exames de diagnóstico específicos. O tratamento é efetuado para controlo de sintomas e mitigação da evolução da doença, visto que se trata de uma doença crónica degenerativa para a qual ainda não foi encontrada cura. Outras medidas terapêuticas como a reeducação nutricional, o exercício físico ou a utilização de técnicas terapêuticas como a ozonoterapia e a acupuntura têm-se mostrado eficazes no tratamento complementar desta patologia.

 

Outras Causas de Formigueiro nas Mãos

A sensação de formigueiro nos membros superiores poderá ainda ser provocada por um conjunto de problemas de saúde que inclui:

  • Epicondilite
  • Diabetes
  • Problemas de Circulação
  • Quisto Sinuvial do Punho
  • Tendinite

Como tal, caso apresente sintomas de formigueiro nos braços ou mãos de forma recorrente, deverá consultar o seu médico assistente.